BETH DITTO – ESTREIA A SOLO COM “FAKE SUGAR”

image008.jpg

Depois de 17 anos a liderar os The Gossip, Beth Ditto fará a sua estreia a solo com o álbum “Fake Sugar”, que será lançado a 16 de junho com o selo Virgin Records. “Fire”, o primeiro single, estreou na BBC Radio 1.

Ditto, que já tem agendados para este mês vários concertos esgotados em Berlim, Londres e Paris, contou com Jennifer Decilveo (Andra Day, Ryan Weaver) como a sua principal colaboradora em “Fake Sugar”. A produtora balançou com mestria o impulso punk de Ditto com uma abordagem pop. Como Ditto afirma, “ela foi as rodas dos meus patins em linha. Discutíamos o dia todo e adorei isso.”

Em “Fake Sugar”, Ditto aborda temáticas como o amor, perda, olhar para o passado e seguir em frente com toda a sensualidade, pungência, força e beleza de uma artista iconoclasta. O álbum é uma mistura de blues com pop, rock e muita soul. “In and Out” tem um espírito próximo da música das girl bands dos anos 1950, “Savoir Faire” alia uma sensibilidade disco à voz rock de Ditto, enquanto “Go Baby Go” é um tributo a Alan Vega, dos Suicide. Em “Oh My God”, a crueza, o tremor e a frescura de Ditto tanto remetem para Tina Turner como para Bobbie Gentry. Diddo cresceu numa pequena cidade do Arkansas, Judsonia. “As pessoas perguntam-me onde fui buscar a minha confiança”, diz. “Falem com a minha mãe”. A sua mãe era uma verdadeira supermulher: uma enfermeira que criou oito filhos solteira. Aos 18 anos, Ditto saiu da sua cidade natal e mudou-se para Olympia, Washington, onde formou os the Gossip com os seus futuros colegas de banda.